SoftMaker logo

Além dos bytes

Como executar o SoftMaker Office em um Chromebook

Além de Linux, macOS e Windows, o SoftMaker Office também poderá ser executado em Chromebooks. São necessários alguns passos para configurar, mas a recompensa é uma experiência de Office completa no Chrome OS.

Chromebooks são notebooks com Chrome OS, um sistema operacional leve, desenvolvido especificamente para uso em dispositivos móveis com teclado. O Chrome OS é desenvolvido pelo Google e se parece com uma mistura entre macOS e Windows. As principais vantagens do Chrome OS são sua interface otimizada, suporte completo para mouse e tela sensível ao toque e tempos de inicialização extremamente rápidos. Além disso, os dispositivos costumam ser mais baratos do que notebooks tradicionais.

Além dos aplicativos nativos e baseados no navegador, o Chrome OS também executa muitos aplicativos para Android. Notícia boa para os clientes da SoftMaker, já que existem versões HD do TextMaker, PlanMaker e Presentations para Android. A desvantagem: esses aplicativos precisam ser adquiridos separadamente.

No entanto, se você já comprou o SoftMaker Office 2021, talvez você queira reutilizar essa licença — usuários não comerciais têm o direito de usar suas licenças em até cinco computadores simultaneamente, incluindo Chromebooks. Entretanto, observe que a SoftMaker não oferece suporte ao cliente para instalações do gênero, já que o subsistema Linux do Chromebook não está na lista de distribuições recomendadas do Linux.

Mais uma coisa: antes de começar, verifique se o seu Chromebook tem uma CPU x86, uma vez que o SoftMaker Office não oferece suporte a CPUs ARM.

O jeito mais fácil de descobrir qual arquitetura de processador é usada em seu Chromebook é pelo navegador Chrome: insira “chrome://system” (sem aspas) e procure a linha “CPU”.

Ativar o subsistema Linux

Como o Chrome OS é uma derivação do Linux principal, entusiastas descobriram rapidamente jeitos de instalar o Linux em um Chromebook. Isso costumava ser uma empreitada aventureira, que exigia acesso de desenvolvedor ao Chrome OS e possível violação da garantia.

Recentemente, tudo ficou muito mais fácil: agora o Chrome OS inclui integração com o Linux de fábrica — os usuários só precisam ativar. Esta funcionalidade (“Crostini”) está incluída em todos os Chromebooks lançados de 2019 em diante. Proprietários de dispositivos mais antigos devem consultar a página de compatibilidade oficial do Google para ver se seus dispositivos oferecem suporte ao Linux.

Como acontece com muitos produtos do Google, o suporte ao Linux é chamado oficialmente de “Linux (Beta)” — é o jeito do Google apontar que podem ocorrer falhas ocasionais. A funcionalidade pode ser facilmente habilitada pelo aplicativo Configurações: clique ou toque no relógio que está no canto inferior direito da tela principal, toque na engrenagem e, no aplicativo Configurações, selecione “Ativar” em “Linux (Beta)”.

Se você abrir o aplicativo “Arquivos” do Chromebook, no painel à esquerda você encontrará uma nova pasta chamada “Arquivos do Linux” em “Meus arquivos”. Outra grande mudança acontece nos bastidores: o Chrome OS configura um diretório de usuário para você, geralmente /home/username.

A parte “username” normalmente corresponde ao nome de sua conta do Google (aquela que termina com @gmail.com). Se você tiver especificado um nome de usuário diferente ao configurar o Chromebook pela primeira vez, o diretório terá esse nome. (Exemplo: o nome de conta do Google “Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.” resultaria na criação de um diretório /home/softmaker.)

Baixar e instalar o SoftMaker Office

Abra o Chrome para baixar o arquivo de instalação DEB do SoftMaker Office na página de download: clique no botão “Download” no painel do Linux e escolha “Pacote .deb para sistemas de 64 bits baseados em DEB”.

Assim que o download for concluído, volte para o aplicativo Arquivos para mover o arquivo da pasta “Downloads” para a pasta “Arquivos do Linux”. Isso pode ser feito com mais facilidade arrastando e soltando o arquivo. O arquivo DEB passará para o diretório /home/username do Linux, onde você poderá executar a instalação com a ajuda do aplicativo “Terminal”.

Na visão geral de Aplicativos, escolha a pasta “Aplicativos do Linux”, abra o aplicativo “Terminal” e inicie o processo de instalação com as seguintes linhas:

sudo apt update
sudo dpkg -i softmaker-office-2021_1022-01_amd64.deb

A esta altura, poderão aparecer mensagens de erro alertando sobre a ausência de certas dependências. Isso pode ser facilmente corrigido com um comando adicional:

sudo apt install -f

Depois que todas as dependências estiverem instaladas, a pasta “Aplicativos do Linux” na visão geral de Aplicativos deverá exibir os ícones do TextMaker, PlanMaker e Presentations.

Em alguns casos, os ícones serão exibidos em cinza — informando que o Chrome OS ainda não está pronto. A solução é reiniciar o Chromebook.

vários jeitos de desligar um Chromebook:

  • Você pode clicar na exibição da hora no canto inferior direito e selecionar Ligar/Desligar ou Sair > Encerrar.
  • Você pode manter o botão liga/desliga pressionado por três segundos ou pressionar o botão liga/desliga até o Chrome OS exibir o menu “Desligar”.
  • Você pode pressionar Ctrl+Shift+Q, depois Q novamente.

A maneira mais elegante de reiniciar o Chromebook é digitando chrome://restart na barra de pesquisa (“omnibox”) do Chrome ou na visão geral de Aplicativos.

Após a reinicialização, os ícones dos aplicativos do SoftMaker Office deverão ser exibidos em cores para execução normal. Para acessá-los de um jeito mais conveniente, você pode arrastar os ícones para a tela inicial.

Manter o SoftMaker Office atualizado

Para garantir que esteja sempre usando a versão mais recente do SoftMaker Office, adicione o repositório do SoftMaker ao sistema. Isso só precisa ser feito uma vez.

Abra o aplicativo “Terminal” na pasta “Aplicativos do Linux” e insira o seguinte comando:

sudo /usr/share/office2021/add_apt_repo.sh

Durante esta etapa, também pode ser útil verificar se o seu sistema Linux está atualizado. Basta inserir os seguintes comandos no Terminal:

sudo apt update
sudo apt dist-upgrade

Depois que a atualização for concluída, reinicie o Chromebook conforme descrito acima.

Adicionar comentário

Obrigado.

O produto foi adicionado ao carrinho de compras.