SoftMaker logo

Além dos bytes

Terminando e seguindo em frente: a vida depois do Windows 7

Para reiterar o ponto principal da publicação do blog anterior: o Windows 7 ainda pode parecer bom para você, mas ele está morrendo. Em 14 de janeiro de 2020, a Microsoft deixará de publicar atualizações de segurança para o Windows 7. Dali em diante, o sistema operacional será um chamariz para malware.

Felizmente, há diversas estratégias de saída viáveis: atualizar para o Windows 10, mudar para um sistema operacional diferente, como Linux ou macOS, ou até mesmo adotar o uso completo de dispositivos móveis. Este artigo oferecerá aconselhamento específico sobre como abandonar o Windows 7.


Além dos bytes

Por que chegou o momento de abandonar o Windows 7

Não há outra opção: o Windows 7 está morrendo, e muito em breve. Em 14 de janeiro de 2020, a Microsoft deixará de lançar atualizações de segurança para o seu sistema operacional mais vendido. Alguns usuários permanecem firmes: eles não conseguem perceber qualquer motivo para migrar para um sistema mais recente. Esse é um comportamento perigoso: ao manter o Windows 7, eles não apenas colocam a própria segurança em risco, mas também a segurança dos outros.

O artigo a seguir explicará o que esperar quando a Microsoft desligar o Windows 7, porque é uma má ideia continuar com um cavalo morto e apresentará opções viáveis de migração para usuários que não estão dispostos a atualizar para o Windows 10. De qualquer forma, já está na hora de se preparar: janeiro de 2020 está chegando rápido.

Além dos bytes

Antivírus: por que se preocupar?

Os softwares antivírus geralmente são vistos como incômodos. Avisos surgem inevitavelmente nos momentos mais inoportunos, tirando a sua concentração e invadindo seu fluxo de trabalho. Ocasionalmente, um aplicativo antivírus excessivamente cuidadoso bloqueará até mesmo software legítimo.

Chegou a hora de espreitar debaixo do capô: o que os softwares antivírus fazem? Como funcionam? Ainda vale a pena pagar por proteção contra vírus?

Além dos bytes

DeepL: o novo padrão de ouro na tradução online?

De tempos em tempos nos encontramos em situações em que seria útil compreender um idioma estrangeiro: antes das férias, quando quiser negociar os últimos detalhes da casa de férias com o locador; no trabalho, quando receber uma consulta do exterior; em casa, quando um novo dispositivo ou gadget acompanhar um manual em um idioma irreconhecível.

Nesses casos, o serviço online de uma empresa de Colônia, Alemanha, pode ajudar: DeepL traduz textos quase tão bem quanto uma pessoa. Este artigo mostrará quão bem isso funciona.

Além dos bytes

"Além dos bytes": Boas-vindas ao nosso novo colunista, Gerald Himmelein

Caros clientes da SoftMaker:

Tornamos o nosso blog ainda mais útil para você: a partir de hoje, não apenas cobriremos tópicos relacionados diretamente com a SoftMaker e os nossos produtos, mas também outros tópicos que ajudarão você a usar todo o potencial de seu computador.

Temos o prazer de anunciar que contratamos o famoso jornalista de computação alemão, Gerald Himmelein, como nosso novo colunista. Leia a breve entrevista a seguir para conhecê-lo melhor.


Obrigado.

O produto foi adicionado ao carrinho de compras.