SoftMaker logo

O que há de novo no SoftMaker Office 2018? – Parte 3

Wednesday, 17 January 2018 08:00

Caros clientes da SoftMaker,

Na terceira parte da nossa série falamos sobre o PlanMaker 2018, o nosso poderoso aplicativo de planilha. Iremos abordar uma funcionalidade que, à primeira vista, não parece muito nova: tabelas. Você deve estar pensando o que é que as tabelas têm de especial em uma planilha? No artigo abaixo poderá saber mais sobre isso e muito mais.

Aproveite!

Parte 3: PlanMaker

Um mundo completamente novo: tabelas (em tabelas)

O termo infeliz “tabelas” para a funcionalidade descrita abaixo não foi inventado por nós, mas pelo fabricante de outro programa de planilhas bem conhecido. Para evitar mais confusão, decidimos adotar o termo no PlanMaker.

Tabelas são áreas dentro de planilhas que podem ser formatadas através de um simples clique, às quais você pode adicionar dados de forma dinâmica e que podem ser referenciadas através de uma sintaxe especial. Abaixo explicaremos como elas funcionam e quais os seus benefícios.

Definindo uma área como tabela

É muito simples definir uma área como tabela. Para isso basta selecionar uma das células que estão dentro do intervalo que você deseja converter em uma tabela e depois clicar em Inserir | Tabela. Nos menus clássicos, este comando pode ser encontrado em Planilha > Nova tabela.

O PlanMaker irá depois utilizar a seguinte caixa de diálogo para determinar a área que deverá ser definida como tabela:

Na captura de tela acima, observe a tabela por trás da caixa de diálogo: apesar de apenas uma célula ter sido selecionada, o PlanMaker automaticamente reconheceu a área de origem para a tabela e a sugeriu. Você pode simplesmente aceitar a sugestão ou corrigi-la antes.

Se ficar satisfeito com a área selecionada, confirme clicando em “Inserir”. Você irá então ver a aparência da área que acabou de ser formatada como tabela:

O que aconteceu? Além da formatação automática com um estilo de tabela de faixas azuis e brancas, agora esta área também oferece as seguintes opções:

AutoFiltro automático: A primeira linha da nova tabela agora contém um AutoFiltro. Este funciona da mesma forma que um AutoFiltro “normal” de planilha, mas apenas filtra valores que estão dentro da tabela. Não afeta as células abaixo da tabela. Como bônus, você já não está limitado a apenas um AutoFiltro por planilha, uma vez que todas as tabelas têm um.

Referenciamento dinâmico: os conteúdos das tabelas podem ser referenciados através de uma sintaxe especial que facilita muito a introdução de dados de forma dinâmica.

Por exemplo: imagine que você deseja calcular a média da coluna “2016” na tabela apresentada acima. Para isso basta digitar “=MÉDIA(Tabela1[2016])” em qualquer célula.

Que vantagem isto tem face a “=MÉDIA(D2:D11),” que produz o mesmo resultado? É aqui que a dinâmica mencionada acima entra em jogo. Se mais tarde outros valores forem acrescentados à tabela, eles serão incluídos no cálculo automaticamente:

Desta forma você terá sempre a certeza de que a média da coluna inteira “2016” da tabela será sempre calculada, independentemente de quantas células a coluna tiver.

Como adicionar novos valores a uma tabela? Também é simples e você tem três opções diferentes:

  • Pode selecionar a célula do canto inferior direito da tabela e clicar na tecla Tab,
  • ou ampliar a tabela arrastando o triângulo pequeno que está no canto inferior direito da tabela,
  • ou então basta introduzir um valor em uma célula que se encontre imediatamente à direita ou abaixo da tabela.

Se você preferir trabalhar com diálogos, poderá também estender a tabela através de Tabela | Intervalo (nos menus clássicos: Planilha > Tabela > Intervalo de tabela).

As referências de célula dinâmicas também são muito úteis para tabelas que servem de origem a tabelas dinâmicas. Se forem acrescentados novos valores à tabela de origem, eles também serão incluídos na tabela dinâmica depois de clicarmos em “Atualizar tabelas dinâmicas.”

A nova sintaxe para nos referirmos aos conteúdos de tabelas oferece várias outras opções, como referenciar várias colunas de uma tabela, ou referenciar certas linhas, etc. Porém, listar todas estas possibilidades aqui vai além do âmbito deste artigo. Quem estiver interessado pode encontrar uma descrição detalhada na seção “Tabelas em tabelas” do nosso manual do PlanMaker.

Opções de formatação especiais: você já viu que foi automaticamente aplicado um estilo de tabela à área assinalada como tabela. Porém, este não é o único estilo que você pode aplicar à sua tabela. Vários outros estilos estão disponíveis na faixa contextual “Tabela”. Para ativar a aba de faixa correspondente, selecione qualquer célula da sua tabela; depois o catálogo de mais modelos de tabela aparece em Tabela | Estilos de tabela:

Se você estiver utilizando a interface de menu clássica, poderá encontrar este catálogo de modelos em Planilha > Tabela > Configurações de tabela na aba “Estilo”.

Conforme pode ver na captura de tela acima, as tabelas oferecem algumas outras opções de formatação além dos modelos, como o realce da primeira ou da última coluna ou as faixas de linhas ou colunas com cores alternadas.

As opções Linha de cabeçalho e Linha de totais representam funcionalidades especiais: além de opções de formatação, ambos os elementos também oferecem funcionalidades técnicas especiais:

A linha de cabeçalho fornece os controles para os AutoFiltros mencionados acima. Você pode filtrar e classificar os conteúdos da tabela através das pequenas setas na parte direita de cada célula:

A linha de totais também contém elementos de controle em cada célula. Porém, estes são utilizados para calcular valores chave do conteúdo acima. Por exemplo, a média dos dados acima pode ser calculada na linha de totais através de um simples clique:

Você também poderá alterar os conteúdos e a formatação das tabelas, através de métodos convencionais. Por exemplo, se você quiser realçar uma célula, poderá facilmente alterar a cor da fonte. Poderá também utilizar a sintaxe de fórmulas normal dentro de uma tabela.

Novos estilos de célula

Você pode saber como trabalhar com estilos de célula a partir de versões antigas do PlanMaker. Graças vários novos estilos que pode aplicar a partir de um catálogo atraente, isto ficou mais fácil do que nunca e será sempre compatível com o Microsoft Excel 2016. Você encontrará o catálogo em Início | Estilos de célula:

Se estiver utilizando a interface de usuário clássica com menus e barras de ferramentas, poderá encontrar estes estilos em um menu suspenso na barra de ferramentas Formatar.

Definir o tamanho das abas na aba de planilha

Em resposta a muitos pedidos de clientes, adicionamos uma pequena e útil funcionalidade que facilita o trabalho com múltiplas planilhas: o tamanho das abas no registro de planilha agora pode ser definido pelo usuário. Se as abas forem muito pequenas para você, então poderá aumentá-las nas configurações da aba “Exibir”:

As abas de planilha aparecem então com o tamanho indicado:

São permitidos tamanhos de fonte entre 4 e 48.

Esperamos ter conseguido fornecer uma boa apresentação sobre algumas das mais importantes novas funcionalidades do PlanMaker 2018.

Obrigado por seus comentários na nossa última publicação no blog. Fique à vontade para partilhar mais uma vez as suas impressões e experiências.

Divirta-se experimentando o novo SoftMaker Office!

A versão experimental de 30 dias está disponível aqui.

Leave a comment